Send to a friend Imprimir

Voltar O ciclo da água

"A água muito pura é o principal recurso natural utilizado para o fabrico do papel Canson.".

 

Como funciona o ciclo da água?

A água passa de um ecossistema para outro através de fenómenos naturais, tais como as precipitações, as evapotranspirações, a infiltração e o escoamento. Existem grandes quantidades de água armazenadas nos oceanos e nos glaciares, mas também nos rios e ribeiros, assim como nos solos e na atmosfera.

Como é que a floresta participa no ciclo da água?

A cobertura florestal permite evitar o escoamento das águas da chuva, ao favorecer a infiltração da água no solo rumo aos lençóis freáticos. Além disso, a folhagem das árvores liberta água na atmosfera aquando do fenómeno da evapotranspiração.

Como é que a indústria do papel se integra no ciclo da água?

A água é o principal recurso natural utilizado para o fabrico do papel Canson®. É esse o motivo pelo qual os moinhos de papel estão instalados junto dos rios. As Papeteries Canson® utilizam a água muito pura dos ribeiros da Ardèche, em França. Para nós, a qualidade dos cursos de água vizinhos é uma preocupação de todos os dias. (Phrase supprimée). Os cursos de água vizinhos das Papeteries Canson® são classificados na categoria 1 (muito boa qualidade) pela agência da água.

 

Sabia que? 

Em França, existem contratos de ribeiros que permitem às colectividades territoriais, aos pescadores, às associações e aos industriais encontrarem soluções técnicas e financeiras para melhorar e valorizar os meios aquáticos da bacia abastecedora.

"A água é um dos desafios essenciais do século XXI.

O nosso compromisso internacional em favor da água nunca foi tão forte e necessário. Em Março de 2012, em Marselha, a França vai receber o sexto Fórum mundial da água. Este evento de grande alcance vai reunir várias dezenas de milhar de actores vindos de todos os continentes, eleitos locais, peritos, empresas e ONG.

Henri de Raincourt, ministro junto de Michèle Alliot-Marie, ministra de Estado, ministra dos negócios estrangeiros e europeus, encarregada da cooperação. para o jornal Le Monde em LEMONDE.FR, a 21.01.2011.